Intensificação do uso do solo pode afetar a biodiversidade de aranhas?


Abstract
A fragmentação dos habitats aliada às práticas intensivas de manejo em áreas agrícolas podem levar a mudanças na estrutura da comunidade de aranhas edáficas. O objetivo do presente trabalho estudar o efeito do sistema de uso do solo (SUS) sobre a abundância e diversidade das famílias de aranhas edáficas, bem como a relação dessas com os atributos físicos e químicos do solo. Os SUS avaliados foram: floresta nativa (FN), reflorestamento de eucalipto (RE), pastagem perene (PA), integração lavoura-pecuária (ILP) e sistema plantio direto (PD). As amostras foram coletadas em uma grade de amostragem de 3 × 3, totalizando nove pontos, distanciados 30m entre si durante o inverno e verão, em três municípios do Leste catarinense, considerados réplicas verdadeiras. Foram avaliados atributos físicos e químicos do solo e abundância e diversidade de famílias de aranhas, coletadas pelo método de Tropical Soil Biology and Fertility (TSBF) e armadilhas de solo (Pitfall traps). Os resultados foram submetidos à Análise de Componentes Principais (ACP) a fim de verificar a relação entre os SUS a abundância de famílias de aranhas. Foram capturados ao todo 410 indivíduos distribuídos em 29 famílias, 43 gêneros e 6 espécies e um gênero não identificado. As armadilhas capturaram o maior número de indivíduos no verão (199) do que no inverno (132), ao passo que nos TSBFs foram capturados 32 e 47 indivíduos no verão e inverno, respectivamente. A ACP separou os SUS e identificou relação de algumas famílias de aranhas com manejos específicos nos dois métodos de amostragem. As famílias Lycosidae, Linyphiidae, Oxyopidae e Tetragnathidae são famílias mais bem adaptadas a ambientes com maior nível de intervenção antrópica e portanto, são potenciais indicadoras de locais impactados. Já as famílias Theridiidae e Oonopidae apresentaram maior sensibilidade às modificações causadas pelo manejo. A coleta com TSBF foi mais sensível para famílias de aranhas edáficas, ao passo que com Pitfall traps foram mais sensíveis para aranhas epigeicas. A utilização conjunta dos dois métodos de amostragem é recomendada para avaliação da biodiversidade de famílias de aranhas, como forma de minimizar as limitações amostrais
Reference
Rosa MG, Santos JCP, Brescovit AD, Mafra AL, Baretta D. Intensificação do uso do solo pode afetar a biodiversidade de aranhas?. Sci Agrar. 2018 Apr/Jun;19(2):256-65
Link to cite this reference
https://repositorio.butantan.gov.br/handle/butantan/2894
Journal title
Issue Date
2018

Show full item record

The access to the publications deposited in this repository respects the licenses from journals and publishers.