Estudo dos efeitos dos venenos de artrópodes (Phoneutria nigriventer e Tityus serrulatus) e suas frações sobre a regulação térmica em ratos

Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributorPrograma de Pós-Graduação em Ciências – Toxinologia (PPGTox)pt_BR
dc.contributor.advisorLebrun, Ivopt_BR
dc.contributor.authorButkeraitis, Carla Bogript_BR
dc.date.accessioned2020-11-30T19:21:46Z-
dc.date.available2020-11-30T19:21:46Z-
dc.date.issued2014-
dc.date.submitted2014-
dc.identifier.citationBUTKERAITIS, Carla Bogri. Estudo dos efeitos dos venenos de artrópodes (Phoneutria nigriventer e Tityus serrulatus) e suas frações sobre a regulação térmica em ratos. 2014. 102 p. Dissertação (Mestrado em Ciências - Toxinologia) - Instituto Butantan, São Paulo, 2014.pt_BR
dc.identifier.citationButkeraitis CB. Estudo dos efeitos dos venenos de artrópodes (Phoneutria nigriventer e Tityus serrulatus) e suas frações sobre a regulação térmica em ratos [Study of the effects of arthropod venoms (Phoneutria nigriventer and Tityus serrulatus) and its fractions on thermoregulation in rats] [Master's thesis]. São Paulo: Instituto Butantan; 2014. 102 p. Portuguesept_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.butantan.gov.br/handle/butantan/3331-
dc.description.abstractBody temperature is controlled mainly by the hypothalamus ensuring the proper functioning of metabolic pathways. Accidents with Phoneutria nigriventer and Tityus serrulatus can cause various symptoms: hypothermia and/or hyperthermia, sweating and tremor that may be related to thermoregulation. This work aims to analyze and identify components of venoms acting on thermoregulation and to assess possible mechanisms of action. The venoms were separated into pools by gel filtration and gel electrophoresis to confirm the effectiveness of the separation. The venoms were tested in temperature bioassay in rats. A thermal sensor was implanted subcutaneously in the neck for recording temperature. The venom of Phoneutria nigriventer showed and hypothermic action in rats and Tityus serrulatus showed hyperthermic action. Pools of venoms were also tested; the pool II of venom both had hypothermic action and pool III, hyperthermic action. Subsequent steps were performed exclusively with the venom of Phoneutria nigriventer. The pools II and III were separated by HPLC on peaks. The peaks 8 and 13 of pool II showed hyperthermic action, as well as the peaks 30 and 31 of pool III. The peak 29 of pool III showed hypothermic action. The peaks 29, 30 and 31 were repurified and retested, but without significant results. To study the mechanisms of action, the peak 13 of pool II was tested in animals pretreated with Dantrolene, a drug used against malignant hyperthermia. The results showed that dantrolene did not decrease the temperature of healthy animals, as it acts on calcium channels that can be only modified in patients with the disease. The LPS, an exogenous pyrogen, would be tested with the peak of this hypothermic action, however the peak 29 showed no effect after repurification. The peak 13 was also tested in human glioblastoma U87, revealed not to be cytotoxic. The peaks 8 and 13, were performed by means of mass spectrometry revealing similar masses family of Tachykinins and Ctenitoxins, both actions on the nervous system. The peaks 29, 30 and 31 were tested in cultured hypothalamus neurobasal cells, all the peaks showed a statistically significant decrease in cell viability at lower concentrations after for 24 hours of incubation. At 6 hours of incubation, the statistics showed that the peaks 30 and 31 increased the viability of cells in higher concentrations. The repurified peak 30b was sequenced by Edman degradation and part of the peptide revealed 100% homology with Tx2-6 of Phoneutria nigriventer, which is an NAV inhibitor irreversible neurotoxin and cause sweating. Rats are resistant to change its temperature, thus variations in body temperature ranging only 1 degree could be considered quite significant. Molecules isolated from the venom may act for summation or synergistically and other peptides present in the venom can act in opposite effect. Study of animal toxins are a source of new biomolecules and drug development. Toxins that act on thermoregulation are little studied and need further characterizedpt_BR
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)pt_BR
dc.description.sponsorshipFundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)pt_BR
dc.description.sponsorshipInstituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Toxinas (INCT-TOX)pt_BR
dc.format.extent102 p.pt_BR
dc.language.isoPortuguesept_BR
dc.rightsOpen Accesspt_BR
dc.titleEstudo dos efeitos dos venenos de artrópodes (Phoneutria nigriventer e Tityus serrulatus) e suas frações sobre a regulação térmica em ratospt_BR
dc.title.alternativeStudy of the effects of arthropod venoms (Phoneutria nigriventer and Tityus serrulatus) and its fractions on thermoregulation in ratspt_BR
dc.typeMaster's thesispt_BR
dc.subject.keywordtermorregulaçãopt_BR
dc.subject.keywordratospt_BR
dc.subject.keywordPhoneutria nigriventerpt_BR
dc.subject.keywordTityus serrulatuspt_BR
dc.subject.keywordneurotoxinaspt_BR
dc.subject.keywordthermoregulationpt_BR
dc.subject.keywordratspt_BR
dc.subject.keywordneurotoxinspt_BR
dc.contributor.butantanLebrun, Ivo|:Pesquisador|:Laboratório de Bioquímica e Biofísicapt_BR
dc.contributor.butantanButkeraitis, Carla Bogri|:Aluno|:Programa de Pós-Graduação em Ciências – Toxinologia (PPGTox)pt_BR
dc.sponsorship.butantanCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)pt_BR
dc.sponsorship.butantanFundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)pt_BR
dc.sponsorship.butantanInstituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Toxinas (INCT-Tox)pt_BR
dc.identifier.bvsccBR78.1pt_BR
dc.identifier.bvsdbIBProdpt_BR
dc.degree.levelMestradopt_BR
dc.degree.grantorInstituto Butantanpt_BR
dc.degree.localSão Paulopt_BR
dc.degree.programPrograma de Pós-Graduação em Ciências – Toxinologia (PPGTox)pt_BR
dc.description.abstractptA temperatura corporal é controlada principalmente pelo hipotálamo garantindo o bom funcionamento de vias metabólicas. Acidentes com Phoneutria nigriventer e Tityus serrulatus podem causar diversos sintomas: hipotermia e/ou hipertermia, sudorese e tremor que podem estar relacionados a termorregulação. Este trabalho tem como objetivo analisar e identificar componentes dos venenos com ação sobre a termorregulação e verificar possíveis mecanismos de ação. Os venenos foram separados em pools por filtração em gel, e gel de eletroforese para confirmação da eficácia da separação. Os venenos foram testados em bioensaio de temperatura em ratos. Um sensor térmico foi implantado subcutaneamente na porção dorsal para registro de temperatura. O veneno de Phoneutria nigriventer mostrou ação hipotérmica em ratos e o de Tityus serrulatus mostrou ação hipertérmica. Os pools dos venenos também foram testados; o pool II de veneno de ambos tiveram ação hipotérmica e o pool III, ação hipertérmica. As etapas posteriores foram realizadas com o veneno de Phoneutria nigriventer. Os pools II e III foram separados por CLAE em picos. Os picos 8 e 13 do pool II mostraram ação hipertérmica, assim como os picos 30 e 31 do pool III. O pico 29 do pool III mostrou ação hipotérmica. Os picos 29, 30 e 31 foram repurificados e retestados, mas sem resultados significativos. Para estudar os mecanismos de ação, o pico 13 do pool II foi testado em conjunto com o Dantrolene, um medicamento utilizado contra hipertermia maligna. Os resultados mostraram que o Dantrolene não diminuiu a temperatura em animais saudáveis, já que ele age em canais de cálcio que podem estar modificado em pacientes com a doença. O LPS, um pirógeno exógeno, seria testado com o pico que desse ação hipotérmica, entretanto o pico 29 não revelou efeito após repurificação. O pico 13 também foi testado em glioblastomas humanos U87, revelou não ser citotóxico. Os picos 8 e 13, foram passados por espectrometria de massas revelando massas semelhantes a família das Taquicininas e das Ctenotoxinas, ambas com ações sobre o sistema nervoso, sendo as Ctenotoxinas neurotóxicas. Os picos 29, 30 e 31 foram testados em cultura de células neurobasais obtidas de hipotálamo, todos os picos tiveram uma queda estatisticamente significativa na viabilidade celular em concentrações mais baixas após período de incubação de 24 horas. Em 6 horas de incubação, os dados estatísticos mostram que os picos 30 e 31 aumentaram a viabilidade das células em concentrações mais altas. O pico repurificado 30b foi sequenciado por degradação de Edman, e parte do peptídeo revelou 100% de homologia com a Tx2-6 de Phoneutria nigriventer, que é uma neurotoxina inibidora irreversível de NAV e causa sudorese. Ratos são bastante resistentes em alterar sua temperatura, desta forma variações de 1 grau na temperatura corpórea são bastante significativas. As moléculas do isoladas do veneno podem agir por sinergismo ou somatória e ou ainda podem apresentar efeitos antagônicos. Estudo de toxinas animais são uma fonte de novas biomoléculas e o desenvolvimento de novos fármacos. Toxinas com ação na termorregulação são pouco estudadas e ainda precisam ser melhor caracterizadas.pt_BR
item.fulltextCom Texto completo-
item.grantfulltextopen-
item.languageiso639-1Portuguese-
item.openairetypeMaster's thesis-
crisitem.author.dept#PLACEHOLDER_PARENT_METADATA_VALUE#-
crisitem.author.orcid#PLACEHOLDER_PARENT_METADATA_VALUE#-
Appears in Collections:Dissertações do PPGTox


Files in This Item:

137.pdf
Size: 1.4 MB
Format: Adobe PDF
View/Open
Show simple item record

The access to the publications deposited in this repository respects the licenses from journals and publishers.