Avaliação da densidade na diferenciação sexual de Zebrafish (Danio rerio)


Publication type
Academic monograph
Language
Portuguese
Access rights
Open access
Abstract
Zebrafish (Danio rerio) is the most popular teleost, being widely used as an experimental model, as they have 70% genetic and physiological homology with humans. In addition, they have advantages for research in relation to traditional models, due to their short generation time and fertility. Although Zebrafish is so important as a research model, its sex determination mechanisms are still under investigation. Studies indicate that sex determination for Zebrafish may occur by genetic mechanisms or environmental factors. One of the hypotheses is that the density factor interferes with sexual determination, that is, fish placed at high densities would become males at low density females. Thus, the present study aimed to investigate this hypothesis. We worked with juvenile Zebrafish fish (<03 months old) of the AB strain (International Zebrafish Resource Center, Eugene, OR) maintained at 28 C° in individual Rack tanks using system water (60 μg/ml Instant Ocean sea salts). For the experiment, fish of equal age and size were distributed 30 in aquarium 1, 15 in aquarium 2, 10 in aquarium 3 and 5 in aquarium 4. The experiments were carried out in duplicate. After 36 days, the fish were evaluated for density and after sexing, we found that aquarium 1 had a higher percentage of males than females, 77% males and 23% females; aquarium 2 with a balance between males 47% and females 53%; aquarium 3 showed a higher density for females (80%) females and 20% males and aquarium 4 resulted in a higher density for females 60%, and 40% for males.
Abstract in Portuguese
O Zebrafish (Danio rerio) é o teleósteo mais popular, sendo largamente utilizado como um modelo experimental, por possuírem 70% de homologia genética e fisiológica com seres humanos. Além disso, apresentam vantagens para a pesquisa em relação a modelos tradicionais, devido seu curto tempo de geração e fecundidade. Embora o Zebrafish seja tão importante como um modelo de pesquisa, seus mecanismos de determinação do sexo ainda estão sob investigação. Estudos apontam que a determinação do sexo para Zebrafish podem ocorrer por mecanismos genéticos ou fatores ambientais. Uma das hipóteses é que o fator densidade interfira na determinação sexual, ou seja, os peixes colocados em altas densidades se tornariam machos já em baixa densidade fêmeas. Assim o presente estudo teve como objetivo averiguar essa hipótese. Trabalhamos com peixe Zebrafish juvenis (<03 meses de idade) da linhagem AB (International Zebrafish Resource Center, Eugene, OR) mantidos a 28 C° em aquários individuais em Rack usando água de sistema (60 μg/ml Instant Ocean sea salts). Para o experimento os peixes, de igual idade e tamanho foram distribuídos (N=30) no aquário 1, (N=15) no aquário 2, (N=10) no aquário 3 e (N=5) no aquário 4. Os experimentos foram realizados em duplicata. Após 36 dias os peixes foram avaliados com relação à densidade e após a sexagem verificamos que o aquário 1 apresentou uma porcentagem maior de machos do que de fêmeas, sendo 77% machos e 23% eram fêmeas; o aquário 2 com um equilíbrio entre machos 47% e fêmeas 53%; o aquário 3 apresentou uma densidade maior para fêmeas (80%) fêmeas e 20% machos e o aquário 4 resultou em uma densidade maior para fêmeas 60%, e 40% para machos.
Link to cite this reference
https://repositorio.butantan.gov.br/handle/butantan/5041
Issue Date
2023


Files in This Item:

Show full item record

The access to the publications deposited in this repository respects the licenses from journals and publishers.