Estudo hematológico, bioquímico e parasitário de espécimes da serpente Bothrops jararaca (Viperidae) oriundas de duas áreas com diferentes índices de antropização


Publication type
Academic monograph
Language
Portuguese
Access rights
Restricted access
Abstract
Anthropization is the gradual transformation of natural space by human action related to the population and the way in which the environment is used, which can result in negative environmental impacts. Bothrops jararaca (pit viper) plays an important role in our ecosystem and inhabits the Atlantic Forest, a biome suffering from harmful anthropogenic effects, resulting in the loss of 87.5% of its original territory. The objective of this project was to verify whether pit vipers from regions with different anthropization rates present similar hematological and serum biochemistry parameters; endoparasite diversity and quantity; and bioactive composition of venom; or whether the land use alters health and laboratory test responses. The cities chosen for this study were São Bernardo do Campo (SBC) and Juquitiba (JUQ), both in São Paulo state, which have different land uses and degrees of anthropogenic impacts. During March 2022 to January 2023, 34 snakes from JUQ and 31 from SBC were sent, respectively, to the Laboratory of Herpetology at Butantan Institute and to the SBC Zoo, where they underwent physical examination and had their biological samples collected. Twenty hematological and biochemical parameters were analyzed by microscopy and spectrophotometry; and 6 enzymatic tests were performed in the venom with spectrometry and gel electrophoresis. The detection of parasite population was carried out using two coproparasitological techniques and necropsy. Laboratory results showing statistical differences were hemoglobin, hematocrit, total thrombocyte count, total proteins, uric acid and aspartate aminotransferase (AST). Due to their environmental sensitivity, parasites are useful bioindicators of the ecosystem, so the accumulation of pollutants can decrease their populations. Therefore, the results of lower diversity and parasite load were found in SBC, a more anthropic environment; while the greatest diversity and parasite load were found in JUQ, a more preserved municipality. The bioactive composition of B. jararaca venom is very complex, with interspecific, intraspecific and ontogenetic changes. Although the electrophoretic profiles of the venoms are not identical, there are common bands between the groups from the two locations, such as bands with a molecular weight between 9-12 kDa which could be the weight of Phospholipases A2 (PLA2), among others. Phospholipid activity was higher in the group of males and small females in Juquitiba, and in the large females São Bernardo do Campo. It was not possible to establish homogeneity between the results of the snakes from the different populations, which could be related to ontogenetic and intraspecific changes. The parameters used to compare populations seemed to be efficient in proving that human actions can alter animal quality of life, highlighting the importance of the three pillars of One Health: human, animal and environmental health.
Abstract in Portuguese
Antropização é a transformação gradativa do espaço natural pela ação humana relacionado à população e à forma em que o ambiente é usado, podendo resultar em impactos ambientais negativos. A serpente Bothrops jararaca possui um importante papel no nosso ecossistema e habita a Mata Atlântica, bioma que sofre com efeitos antrópicos nocivos, resultando na perda de 87,5% do seu território original. O objetivo deste projeto foi verificar se as jararacas de regiões com diferentes índices de antropização apresentam semelhantes parâmetros hematológicos e de bioquímica sérica; diversidade e quantidade endoparasitária; e composição de bioativos do veneno; ou se o uso do solo altera a saúde e as respostas dos testes laboratoriais. As cidades escolhidas foram São Bernardo do Campo (SBC) e Juquitiba (JUQ) que possuem diferentes usos de solo e graus de impactos antrópicos. Durante março de 2022 a janeiro de 2023, 34 serpentes de JUQ e 31 de SBC foram encaminhadas, respectivamente, ao Laboratório de Herpetologia do Instituto Butantan e ao Zoológico Municipal de São Bernardo do Campo, onde passaram por exame físico e tiveram seus materiais biológicos colhidos. Analisaram-se 20 parâmetros hematológicos e bioquímicos por microscopia e espectrofotometria, e 6 testes enzimáticos do veneno por espectrometria e gel de eletroforese. A detecção da população parasitária foi realizada por duas técnicas coproparasitológicas e pela necropsia. Os resultados laboratoriais com diferenças estatísticas foram hemoglobina, hematócrito, contagem total de trombócitos, proteínas totais, ácido úrico e aspartato aminotransferase (AST). Devido à sua sensibilidade ambiental, os parasitas são bioindicadores úteis, pois o acúmulo de poluentes pode diminuir suas populações. Assim sendo, os resultados de menor diversidade e carga parasitária encontradas em SBC, ambiente mais antropizado; enquanto a maior diversidade e carga parasitária foram encontradas em JUQ, município mais preservado. A composição bioativa do veneno da B. jararaca apresenta alta complexidade com alterações interespecíficas, intraespecíficas e ontogenéticas. Apesar dos perfis eletroforéticos dos venenos não serem idênticos, há bandas em comum entre os grupos das duas localidades, como as bandas de peso molecular entre 9–12 kDa que, dentre outras, podem apresentar o peso das Fosfolipases A2 (PLA2). A atividade fosfolipídica foi significantemente maior para Juquitiba no grupo dos machos e das fêmeas menores, e maior para as fêmeas maiores de São Bernardo do Campo. Não foi possível identificar uma homogeneidade entre os resultados das serpentes das diferentes populações, o que é possível correlacionar às alterações ontogenéticas e intraespecíficas. Os parâmetros utilizados para comparar as populações pareceu ser eficiente para comprovar que ações antrópicas podem alterar a qualidade de vida dos animais, evidenciando a importância dos três pilares da Saúde Única: saúde humana, animal e ambiental.
Reference
PARADINOVIC, Leticia. Estudo hematológico, bioquímico e parasitário de espécimes da serpente Bothrops jararaca (Viperidae) oriundas de duas áreas com diferentes índices de antropização. 2024. 104 p. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Animais de Interesse em Saúde: Biologia Animal) – Escola Superior do Instituto Butantan, São Paulo, 2024.
Link to cite this reference
https://repositorio.butantan.gov.br/handle/butantan/5331
Issue Date
2024

Show full item record

The access to the publications deposited in this repository respects the licenses from journals and publishers.