Avaliação da sobrevivência espermática após protocolo de resfriamento em falsas corais (Oxyrhopus guibei)


Publication type
Academic monograph
Language
Portuguese
Access rights
Restricted access
Abstract
The ex situ reproduction of wild animals still faces several obstacles, such as minimum reproductive rates or even reproductive inactivity, data that makes specialists worried considering the growing number of species threatened with extinction. Reproductive biotechniques are already well developed among farm animals and widely used in conservation programs, but studies are still needed to develop protocols adapted for snakes, regarding their wide variety of species and their particularities. Therefore, this work seeks to compare sperm survival over time in Oxyrhopus guibei when kept at 24°C and under refrigeration. For this, sperm analysis will be made by evaluating parameters such as motility, progressive motility, presence of morphological changes and mitochondrial activity in spermatozoa. Three males of O. guibei were used, belonging to the Ecology and Evolution Laboratory of the Butantan Institute, and semen was collected via digital stimulation without the use of local anesthesia. This study showed that it is possible to maintain O. guibei sperm cells in HAM-F10 cell culture medium for up to 8 hours at 24°C and for up to 48 hours under refrigeration at 4°C.
Abstract in Portuguese
A reprodução de animais silvestres ex situ ainda enfrenta diversos obstáculos, como taxas reprodutivas mínimas ou até mesmo inatividade reprodutiva, dados que preocupam especialistas considerando o crescente número de espécies ameaçadas de extinção. As biotécnicas reprodutivas são bem desenvolvidas entre animais de produção e amplamente empregadas em programas de conservação, porém ainda carecem estudos para desenvolvimento de protocolos adaptados para serpentes, tendo em vista a grande variedade de espécies e suas particularidades. Dessa forma, este trabalho busca comparar a sobrevivência espermática ao longo do tempo em Oxyrhopus guibei quando mantidas a 24°C e sob refrigeração. Para isso, foi feita a análise espermática avaliando parâmetros como motilidade, motilidade progressiva, presença de alterações morfológicas e a atividade mitocondrial em células espermáticas. Foram utilizados 3 machos de O. guibei, pertencentes ao plantel do Laboratório de Ecologia e Evolução do Instituto Butantan e foi feita a colheita de sêmen via estimulação digital sem uso de anestesia local. Este estudo mostrou que é possível manter espermatozoides de O. guibei em meio HAM-F10 por até 8 horas a 24°C e por até 48h sob refrigeração, a 4°C.
Reference
PEREIRA, Isabela da Silva. Avaliação da sobrevivência espermática após protocolo de resfriamento em falsas corais (Oxyrhopus guibei). 2024. 35 p. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Animais de Interesse em Saúde: Biologia Animal) – Escola Superior do Instituto Butantan, São Paulo, 2024.
Link to cite this reference
https://repositorio.butantan.gov.br/handle/butantan/5336
Issue Date
2024

Show full item record

The access to the publications deposited in this repository respects the licenses from journals and publishers.