Avaliação da toxicidade de composto Nanoestruturado de óxido de grafeno com dendrímero PAMAM de terceira geração em cultura de células de melanoma


Advisor
Publication type
Academic monograph
Language
Portuguese
Access rights
Restricted access
Abstract
The study addresses the nanostructure resulting from the association between graphene oxide and the third generation PAMAM dendrimer (OGDG3) and its effect on melanoma cell viability in monolayer culture. Since the isolation of graphene in 2004, considerable scientific interest has surrounded this nanomaterial, especially graphene oxide (OG), a highly oxidized form of graphene that exhibits unique physical and chemical properties, making it promising for various biomedical applications, especially in the targeted transport of drugs. The association with the PAMAM - G.3 dendrimer provides a potentially effective platform for the targeted and controlled release of drugs, aiming to reduce cytotoxicity in healthy cells. The study used cell viability assay, evaluating the activity of Lactate Dehydrogenase (LDH) after exposure of the human melanoma cell line A375 in monolayer culture at concentrations of 2.4 μg/cm2, 24 μg/cm2 and 48 μg/cm for 24, 48, and 72h. The results showed LDH activity levels similar to those in the control group after 24h of exposure. After 48 and 72h, there was a tendency for a slight increase in LDH release, especially at higher concentrations, although these differences did not reach statistical significance. When considering OGDG3 as a potential therapeutic carrier, its low toxicity emerges as a significant differentiator in relation to carbon-based nanomaterials. This promising feature, supported by previous studies, suggests that OGDG3 may play a crucial role in targeted therapies, minimizing toxicity to surrounding tissues while maintaining therapeutic efficacy. The clinical perspective highlights not only the scientific relevance of this study but also its potential positive impact on the development of innovative therapeutic strategies for the treatment of melanoma.
Abstract in Portuguese
O estudo aborda a nanoestrutura resultante da associação entre o óxido de grafeno e o dendrímero PAMAM de terceira geração (OGDG3) e seu efeito sobre a viabilidade celular de melanoma em cultura monocamada. Desde o isolamento do grafeno em 2004, um considerável interesse científico tem cercado esse nanomaterial, especialmente o óxido de grafeno (OG), uma forma altamente oxidada do grafeno que exibe propriedades físicas e químicas únicas, tornando-o promissor para várias aplicações biomédicas, especialmente no transporte direcionado de fármacos. A associação com o dendrímero PAMAM - G.3 proporciona uma plataforma potencialmente eficaz para a liberação direcionada e controlada de medicamentos, visando reduzir a citotoxicidade em células saudáveis. O estudo utilizou ensaios de viabilidade celular, avaliando a atividade da Lactato Desidrogenase (LDH) após exposição da linhagem celular de melanoma humano A375 em cultura monocamada às concentrações de 2,4 μg/cm2, 24 μg/cm2 e 48 μg/cm por 24, 48 e 72h. Os resultados mostraram níveis de atividade de LDH semelhantes aos do grupo controle após 24 h de exposição. Após 48 e 72h, houve uma tendência para um ligeiro aumento da liberação de LDH, especialmente nas concentrações mais elevadas, embora essas diferenças não tenham atingido significância estatística. Ao considerar o OGDG3 como um potencial carreador terapêutico, sua baixa toxicidade emerge como um diferencial significativo em relação a nanomateriais à base de carbono. Esta característica promissora, respaldada por estudos anteriores, sugere que o OGDG3 pode desempenhar um papel crucial em terapias direcionadas, minimizando a toxicidade nos tecidos circundantes enquanto mantém a eficácia terapêutica. A perspectiva clínica destaca não apenas a relevância científica deste estudo, mas também seu potencial impacto positivo no desenvolvimento de estratégias terapêuticas inovadoras para o tratamento do melanoma.
Reference
FONAI, Gustavo Novaes. Avaliação da Toxicidade de Composto Nanoestruturado de Óxido de Grafeno com Dendrímero PAMAM de Terceira Geração em Cultura de Células de Melanoma. 2024. 41 p. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Biotecnologia para a Saúde: vacinas e biofármacos) – Escola Superior do Instituto Butantan, São Paulo, 2024.
Link to cite this reference
https://repositorio.butantan.gov.br/handle/butantan/5358
Issue Date
2024

Show full item record

The access to the publications deposited in this repository respects the licenses from journals and publishers.