Infecção das brânquias de tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus) por Myxosporea


Butantan affiliation
Publication type
Article
Language
Portuguese
Access rights
Open Access
Appears in Collections:
Metrics
Abstract
Neste estudo, 85 tilápias do Nilo (Oreochromis niloticus Linnaeus, 1758) foram coletadas em um lago de pesca recreativa (n = 35) e no lago do parque do Ibirapuera (n = 50), ambos localizados na cidade de São Paulo. Após a eutanásia, as brânquias dos peixes foram examinadas a fresco e por técnicas histológicas para identificar mixosporídeos. Foram observados mixosporídeos somente nos peixes capturados no lago de pesca recreativa com prevalência de 45,7% (16/35). Os esporos de Henneguya sp. foram encontrados em esfregaços a fresco (11,4%, 4/35). A prevalência de Myxobolus sp. foi de 34,3% (12/35), sendo os plasmódios deste gênero identificados de acordo com a localização nas brânquias, no epitélio (75%, 9/12), nos vasos sanguíneos (16,2%, 2/12), e na musculatura branquial (0,8%, 1/12). A presença de mixosporídeos estava relacionada com hiperplasia epitelial, fusão das lamelas, hiperplasia de células mucosas, reação inflamatória e outras alterações patológicas. Assim conclui-se que as prevalências de Myxobolus sp. e Henneguya sp. nas brânquias de O. niloticus foram altas e estavam associadas à lesões histopatológicas significantes, o que evidencia a importância desses cnidários patogênicos para as culturas peixes.
Reference
Teixeira RJ, Eiras JC., Spadacci-Morena DD, Xavier JG, Lallo MA. Infecção das brânquias de tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus) por Myxosporea. Pesqui. Vet. Bras.. 2018 Jun;38(6):1085-90. doi:10.1590/1678-5150-PVB-4859.
Link to cite this reference
https://repositorio.butantan.gov.br/handle/butantan/2895
Issue Date
2018


Files in This Item:

10.1590:1678-5150-pvb-4859 .pdf
Size: 1.28 MB
Format: Adobe PDF
View/Open
Show full item record

The access to the publications deposited in this repository respects the licenses from journals and publishers.