Controvérsias científicas em ambientes educacionais: percepções dos estudantes e suas potencialidades

Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributorCurso de Especialização em Patrimônio e Educação da Ciência e da Saúdept_BR
dc.contributorMuseu de Microbiologiapt_BR
dc.contributor.advisorIszlaji, Cynthiapt_BR
dc.contributor.authorMazato, Marcelo Augusto da Costapt_BR
dc.date.accessioned2021-05-11T18:34:21Z-
dc.date.available2021-05-11T18:34:21Z-
dc.date.issued2020pt_BR
dc.date.submitted2020-
dc.identifier.citationMAZATO, Marcelo Augusto da Costa. Controvérsias científicas em ambientes educacionais: percepções dos estudantes e suas potencialidades. 2020. 67 p. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em História, Museologia e Divulgação da Ciência e da Saúde) – Centro de Formação de Recursos Humanos para o SUS/SP; Instituto Butantan, São Paulo, 2020.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.butantan.gov.br/handle/butantan/3713-
dc.description.abstractThe decision-making in the face of scientific and technological products that permeate the life of the population is increasingly necessary, but conflicting in the presence of social, ethical and moral issues. In this context, teaching with a STSE (Science, Technology, Society and Environment) approach has been inserted in different educational spaces, aiming to prepare citizens to deal with these products, understanding the scientific nature and being able to take decisions and participate in debates present in society, since science takes on controversial issues from the social point of view. In view of this challenge, the development of educational actions and syllabus that work with this focus are essential objects for the restructuring of teaching, therefore, the present work aimed to identify what the school public thinks when participating in an educational action, with focus on scientific controversies, in interface with a non-formal space, in addition to the influence of this approach for the perceptive construction of students. For this, a qualitative research was carried out through observational monitoring and the application of questionnaires, being a pre- test and a post educational action, which sought to work on pre-defined aspects of scientific controversies, being their definition, the social actors, the institutions involved and the impact on society. The answers obtained were transcribed, tabulated and analyzed according to the students' perceptual change. The results demonstrated the potential of this type of approach, since before the educational action the students had a deficit of knowledge in the subjects covered and a stigmatized view of science, as a neutral and untouchable image, and subsequently demonstrated a significant change in this perception, presenting a broader look in all aspects and reaching the objectives of the STSE approach, such as scientific literacy, active participation, among others. It is concluded that the application of an educational action designed in the STSE approach is able to add new knowledge, stimulate the active participation of citizens in society and make them able to make conflicting decisions.pt_BR
dc.format.extent67 p.pt_BR
dc.language.isoPortuguesept_BR
dc.rightsOpen Accesspt_BR
dc.titleControvérsias científicas em ambientes educacionais: percepções dos estudantes e suas potencialidadespt_BR
dc.title.alternativeScientific controversies in educational environments: perceptions of students and its potentialitiespt_BR
dc.typeAcademic monographpt_BR
dc.subject.keywordCiênciapt_BR
dc.subject.keywordTecnologiapt_BR
dc.subject.keywordSociedade e Ambiente (CTSA)pt_BR
dc.subject.keywordAlfabetização científicapt_BR
dc.subject.keywordQuestões sociocientíficaspt_BR
dc.subject.keywordEnsino de Ciênciaspt_BR
dc.subject.keywordSciencept_BR
dc.subject.keywordTechnologypt_BR
dc.subject.keywordSociety and Environment (STSE)pt_BR
dc.subject.keywordScientific literacypt_BR
dc.subject.keywordSocio-scientific issuespt_BR
dc.subject.keywordScience teachingpt_BR
dc.contributor.butantanMazato, Marcelo Augusto da Costa|:Aluno|:Curso de Especialização em Patrimônio e Educação da Ciência e da Saúdept_BR
dc.contributor.butantanIszlaji, Cynthia|:Técnico|:Museu de Microbiologiapt_BR
dc.identifier.bvsccBR78.1pt_BR
dc.identifier.bvsdbIBProdpt_BR
dc.identifier.bvsdbEspecializacaoSESpt_BR
dc.degree.levelEspecializaçãopt_BR
dc.degree.grantorSecretaria de Estado da Saúde de São Paulo. Centro de Formação de Recursos Humanos para o SUS/SP Dr. Antônio Guilherme de Souzapt_BR
dc.degree.grantorInstituto Butantanpt_BR
dc.degree.localSão Paulopt_BR
dc.degree.programEspecialização na Área da Saúdept_BR
dc.description.abstractptA tomada de decisões diante dos produtos científicos e tecnológicos que permeiam a vida da população se vê cada vez mais necessária, porém conflitante em presença de questões sociais, éticas e morais. Nesse contexto, o ensino com enfoque CTSA (Ciência, Tecnologia, Sociedade e Ambiente) vem sendo inserido em diferentes espaços educacionais, visando preparar os cidadãos a lidarem com esses produtos compreendendo a natureza científica e estando aptos na tomada de decisões e na participação de debates presentes na sociedade, uma vez que a ciência assume questões controversas do ponto de vista social. Perante esse desafio, o desenvolvimento de ações educativas e de conteúdos programáticos que trabalhem esse enfoque são objetos essenciais para a reestruturação do ensino, portanto, o presente trabalho teve como objetivo identificar o que o público escolar pensa ao participar de uma ação educativa, com foco em controvérsias científicas, em interface com um espaço não formal, além da influência dessa abordagem para a construção perceptiva dos estudantes. Para isso, foi realizada uma pesquisa qualitativa através do acompanhamento observacional e da aplicação de questionários impressos, sendo um pré-teste e um pós ação educativa, que buscaram trabalhar aspectos pré-definidos de controvérsias cientificas, sendo eles sua definição, os atores sociais, as instituições envolvidas e o impacto na sociedade. As respostas obtidas foram transcritas, tabeladas e analisadas conforme a mudança perceptiva dos estudantes. Os resultados demonstraram as potencialidades desse tipo de abordagem, uma vez que antes da ação educativa os estudantes apresentaram uma déficit de conhecimento nos assuntos abordados e uma visão estigmada da ciência, como uma imagem neutra e intocável, e posteriormente demonstraram uma mudança significativa nessa percepção, apresentando um olhar mais amplo em todos os aspectos e atingindo os objetivos do enfoque CTSA, como a alfabetização científica, a participação ativa, entre outros. Conclui-se que a aplicação de uma ação educativa pensada no enfoque CTSA é capaz de agregar novos conhecimentos, estimular a participação ativa dos cidadãos na sociedade e torná-los aptos na tomada de decisões conflitantes.pt_BR
item.grantfulltextopen-
item.languageiso639-1Portuguese-
item.openairetypeAcademic monograph-
item.fulltextCom Texto completo-
crisitem.author.dept#PLACEHOLDER_PARENT_METADATA_VALUE#-
crisitem.author.orcid#PLACEHOLDER_PARENT_METADATA_VALUE#-
Appears in Collections:Curso de Especialização em Patrimônio e Educação da Ciência e da Saúde


Files in This Item:

TCC_Marcelo Augusto da Costa Mazato.pdf
Description:
Size: 1.04 MB
Format: Adobe PDF
View/Open
Show simple item record

The access to the publications deposited in this repository respects the licenses from journals and publishers.