Segurança e imunogenicidade da vacina trivalente inativada contra influenza durante a gravidez: uma revisão sistemática de estudos observacionais e randomizados

Translated title
Safety and immunogenicity of the inactivated trivalent influenza vaccine during pregnancy: a systematic review of observational and randomized studies

Abstract
Seasonal influenza vaccination in pregnant women presents a unique challenge: it is known that influenza infection in pregnancy can cause severe morbidity, yet the benefits of maternal vaccination remain unclear. This study aims to conduct a systematic literature review synthesising available knowledge on the safety and immunogenicity of seasonal trivalent fragmented inactivated influenza (TIV) vaccine in pregnant women, and on the transmission and duration of maternal antibodies in the newborn. The search strategies were based on the defined acronym PICOS: (Participant) pregnant women; (Intervention) TIV vaccination; (Comparator) according to studies found in the review; (Outcomes) local and systemic adverse event/reaction, significant immunogenic improvement and maternally acquired immunity to influenza; (Study design) all types without restrictions. The following databases were searched: Web of Science (WoS), Medline (via PubMed), Embase, LILACS/VHL and CINAHL, from database inception until July 2018. Titles and abstracts were screened to identify potentially-relevant studies, which were then read in full. Data was extracted using a standardized form; the most relevant findings were summarized in a narrative synthesis. Methodological validity and quality will be assessed by standardized critical assessment tools, based on the Evaluation, Development and Rating Classification (GRADE) guidelines. The Electronic research found 133 articles at WoS, 1442 at Medline, 2157 at Embase, 1017 at LILACS/VHL and 391 at CINAHL. The selection of titles and abstracts resulted in 118 observational studies and 5 RCTs. After the examination of the full texts, 21 articles were excluded because they did not include the full scope of the study. The observational studies (97) included 41 cross-sectional studies and 3 case controls. Eight studies reported local and systemic adverse events. The most reported events in pregnant women were: Local pain, skin eruption, muscle pain, fever, malaise and headache. In newborns: Meningitis, Low weight, Influenza like and Fetal death. Regarding immunogenicity data, they showed that pregnant women have the ability to produce rates within or above the recommended standard. According to the survey of data and reports from the studies analyzed, it is possible to say that the inactivated trivalent vaccine against influenza is beneficial for pregnant women.
metadata.dc.description.abstractpt
A vacinação sazonal da influenza em gestantes apresenta um desafio único: sabe-se que a infecção da influenza na gravidez pode causar uma morbidade grave, mas os benefícios da vacinação materna permanecem pouco claros. Este estudo visa conduzir uma revisão sistemática da literatura, sintetizando o conhecimento disponível sobre a segurança e imunogenicidade da vacina da influenza sazonal trivalente fragmentada inativada (TIV) em gestantes, e sobre a transmissão e duração dos anticorpos maternos no recém-nascido. As estratégias de busca foram baseadas na sigla definida PICOS: (Participante) mulheres grávidas; (Intervenção) vacinação TIV; (Comparador) de acordo com estudos encontrados na revisão; (Resultados) evento/reação adversa local e sistêmica, melhora imunogênica significativa e imunidade materna à influenza; (Desenho do estudo) todos os tipos sem restrições. As seguintes bases de dados foram pesquisadas: Web of Science (WoS), Medline (via PubMed), Embase, LILACS/VHL e CINAHL, desde o início da base de dados até julho de 2018. Títulos e resumos foram selecionados para identificar estudos potencialmente relevantes, os quais foram então lidos na íntegra. Os dados foram extraídos utilizando um formulário padronizado; os achados mais relevantes foram resumidos em uma síntese narrativa. A validade metodológica e a qualidade serão avaliadas por ferramentas padronizadas de avaliação crítica, com base nas diretrizes de Avaliação, Desenvolvimento e Classificação de Classificação (GRADE). A pesquisa eletrônica encontrou 133 artigos na WoS, 1442 no Medline, 2157 no Embase, 1017 na LILACS/VHL e 391 na CINAHL. A triagem dos títulos e resumos resultou em 118 estudos observacionais e 5 RCTs. Após o exame dos textos completos, 21 artigos foram excluídos por não contemplarem o escopo completo do estudo. Os estudos observacionais (97) incluíram 41 estudos transversais e 3 casos- controles. Oito estudos relataram eventos adversos locais e sistêmicos. Os eventos mais relatados em gestantes foram: Dor local, Erupção cutânea, Dor muscular, Febre, Mal-estar e Cefaleia. Nos recém-nascidos foram: Meningite, Baixo peso, Influenza like e Morte fetal. Em relação aos dados de imunogenicidade demonstraram que mulheres gravidas possuem a capacidade de produzir taxas dentro ou superior ao padrão recomendado. Conforme o levantamento de dados e relatos dos estudos analisados é possível dizer que a vacina trivalente inativada contra a influenza é benéfica para gestantes.
Reference
SANTOS,Joleandro Silva. SEGURANÇA E IMUNOGENICIDADE DA VACINA TRIVALENTE INATIVADA CONTRA INFLUENZA DURANTE A GRAVIDEZ: uma revisão sistemática de estudos observacionais e randomizados. 2020 78 p. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em biotecnologia para a saúde: vacinas e biofármacos) – Centro de Formação de Recursos Humanos para o SUS/SP; Instituto Butantan, São Paulo, 2020.
Link to cite this reference
https://repositorio.butantan.gov.br/handle/butantan/3759
Issue Date
2020

Show full item record

The access to the publications deposited in this repository respects the licenses from journals and publishers.