Papel do Instituto Butantan na campanha de erradicação da varíola na gestão de Jandyra Planet do Amaral

Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributorCurso de Especialização em Patrimônio e Educação da Ciência e da Saúdept_BR
dc.contributorCentro de Memóriapt_BR
dc.contributor.advisorAlves, Olga Sofia Fabergépt_BR
dc.contributor.authorSilva, Yasmin Ramos dapt_BR
dc.date.accessioned2021-06-03T19:26:05Z-
dc.date.available2021-06-03T19:26:05Z-
dc.date.issued2019pt_BR
dc.date.submitted2019-
dc.identifier.urihttps://repositorio.butantan.gov.br/handle/butantan/3811-
dc.description.abstractThis paper discusses the important role of the Butantan Institute from 1968 to 1974 in the Smallpox eradication Campaign, a global proposal of the World Health Organization with targets for all countries to achieve complete population vaccination. WHO A campaign goal in Sao Paulo after government measures, decrees and appointments, Butantan Institute was the best option to be the main producer of vaccine against smallpox in the state, the front of this institution was named Planet Jandyra do Amaral. The main section that received funds and structure to manufacture the vaccine was the virology section to achieve the production mark of 20 million freeze-dried vaccine per year for distribution. Even with structural problems, human resources, scarcity of materials and lack of resources, the Butantan Institute is able to reach the desired level of production, helping to eradicate Brazil, dating from 1980.pt_BR
dc.format.extent29 p.pt_BR
dc.language.isoPortuguesept_BR
dc.rightsOpen Accesspt_BR
dc.titlePapel do Instituto Butantan na campanha de erradicação da varíola na gestão de Jandyra Planet do Amaralpt_BR
dc.title.alternativeThe role of the Butantan Institute in the smallpox eradication campaign under Jandyra Planet do Amaral's managementpt_BR
dc.typeAcademic monographpt_BR
dc.contributor.butantanSilva, Yasmin Ramos da|:Aluno|:Curso de Especialização em Patrimônio e Educação da Ciência e da Saúdept_BR
dc.contributor.butantanAlves, Olga Sofia Fabergé|:Pesquisador|:Centro de Memóriapt_BR
dc.identifier.bvsccBR78.1pt_BR
dc.identifier.bvsdbIBProdpt_BR
dc.identifier.bvsdbEspecializacaoSESpt_BR
dc.degree.levelEspecializaçãopt_BR
dc.degree.grantorSecretaria de Estado da Saúde de São Paulo. Centro de Formação de Recursos Humanos para o SUS/SP Dr. Antônio Guilherme de Souzapt_BR
dc.degree.grantorInstituto Butantanpt_BR
dc.degree.localSão Paulopt_BR
dc.degree.programEspecialização na Área da Saúdept_BR
dc.description.abstractptO recorte do trabalho é de 1968 a 1974 e aborda sobre o papel do Instituto Butantan na Campanha de erradicação da varíola, uma proposta mundial da OMS com metas para todos os países conseguirem alcançar vacinação plena da população. Vários órgãos de saúde foram utilizados para alcançar a meta de campanha da OMS. Em São Paulo, após medidas governamentais, decretos e nomeações, o Instituto Butantan foi a melhor opção para ser o principal produtor de vacina antivariólica do Estado. A frente dessa instituição foi nomeada Jandyra Planet do Amaral. A principal seção que recebeu verbas e estrutura para fabricação da vacina foi a seção de virologia, a fim de atingir a marca de produção de 20 milhões de vacina liofilizada por ano para distribuição. Mesmo com problemas estruturais, recursos humanos, materiais escassos e falta de verbas, o Instituto Butantan consegue alcançar o nível de produção desejado, auxiliando na erradicação do Brasil, que foi datada de 1980.pt_BR
item.grantfulltextopen-
item.languageiso639-1Portuguese-
item.openairetypeAcademic monograph-
item.fulltextCom Texto completo-
crisitem.author.dept#PLACEHOLDER_PARENT_METADATA_VALUE#-
crisitem.author.orcid#PLACEHOLDER_PARENT_METADATA_VALUE#-
Appears in Collections:Curso de Especialização em Patrimônio e Educação da Ciência e da Saúde


Files in This Item:

TCC_Yasmin Ramos da Silva.pdf
Description:
Size: 439.93 kB
Format: Adobe PDF
View/Open
Show simple item record

The access to the publications deposited in this repository respects the licenses from journals and publishers.