Ação das proteínas de Escherichia coli Plasmid-Encoded Toxin (Pet) e dispersina em linhagens de células tumorais de mama


Publication type
Academic monograph
Language
Portuguese
Access rights
Open Access
Abstract in Portuguese
O câncer é uma das maiores causas de morte no mundo, sendo o câncer de mama o segundo mais comum no mundo e o mais comum entre as mulheres. O câncer de mama é mais frequentemente diagnosticado em países desenvolvidos, porém é nos países em desenvolvimentos que ocorre a maioria das mortes. Muitos estudos usam produtos derivados de bactérias para desenvolver drogas anticâncer, buscando drogas que tem preferência pela célula tumoral ao invés da célula normal. Escherichia coli são bacilos Gram- negativos, que podem pertencer a microbiota e serem importantes reguladores da função intestinal, quanto também podem causar doenças. Existem vários patotipos de E. coli, entre eles as Escherichia coli enteroagregativa (EAEC). A dispersina é uma proteína de 10.7 kDa e carga positiva secretada para a membrana externa da bacteria. Ao revestir o LPS das bactérias, que tem carga negativa, a proteína repele a fimbria AAF, que possui também carga positiva. A dispersão dessas fimbrias tem como consequência o aumento na dispersão dessas bactérias. A proteína Pet é uma toxina de 104 kDa que pertence ao grupo das proteínas autotransportadoras (SPATEs) do tipo 1. Essa toxina entra em contato com citoqueratina 8 das células epiteliais e é internalizada por endocitose, podendo degradar a α-fodrina e causar alterações no citoesqueleto, causando arredondamento e destacamento das células. Como as proteínas dispersina e Pet são proteínas secretadas para fora da bacteria e podem entrar em contato com a célula do hospedeiro. Sendo assim, foram realizados testes comparativos, em relação à ação dessas proteínas, entre células de mama normais e tumorais. Para tal, foram utilizadas células de mama, MCF10A, MCF7 e MDA-MB-231 e o ensaio com MTT. Os resultados não foram totalmente conclusivos, pois o teste de citotoxicidade utilizando MTT necessita da complementação com outros ensaios não metabólicos e genômicos para a obtenção de respostas mais acuradas.
Reference
LONGO, Jonathan. Ação das proteínas de Escherichia coli Plasmid- Encoded Toxin (Pet) e dispersina em linhagens de células tumorais de mama. 2019. 32 p. Monografia (Trabalho de Conclusão de Curso) – Instituto Butantan, São Paulo, 2019
Link to cite this reference
https://repositorio.butantan.gov.br/handle/butantan/3813
Issue Date
2019


Files in This Item:

TCC_Jonathan Longo.pdf
Description:
Size: 1.1 MB
Format: Adobe PDF
View/Open
Show full item record

The access to the publications deposited in this repository respects the licenses from journals and publishers.