Estudo preliminar da estabilidade de conjugados de PRP-TT em tampão fosfato


Abstract
The bacterium Haemophilus is responsible for causing several diseases of clinical relevance, among its several species, Haemophilus influenzae serotype b (Hib), the most prevalent serotype, stands out for causing serious infections in children up to 5 years old. One of the most serious diseases caused by it is meningitis, responsible for severe sequelae such as permanent brain damage, hearing loss, among others, and depending on the state of health of the child can lead to death. One of the most effective ways of reducing the disease is through vaccination. The polyribosyl ribitol phosphate (PRP) capsule is the main virulence factor; however, a vaccine composed only of the capsular polysaccharide is not capable of inducing a protective immune response in children under two years old, so it is necessary to conjugate it to a carrier protein. The available commercial anti-Hib vaccine is composed by PRP conjugated to tetanus toxoid. Our laboratory has been studying the synthesis of conjugates of capsular polysaccharides to proteins. Among the various stages of vaccine development, stability testing is required. The main objective of the present work is to evaluate the stability of previously synthesized PRP-TT conjugates stored in phosphate buffer solution (Na2HPO4 50 mM, NaCl 150 mM, 0.005% Thimerosal) at 40C. Samples will be analyzed by Size Exclusion Liquid Chromatography (SEC) and the polysaccharide content determined by colorimetric method.
metadata.dc.description.abstractpt
A bactéria do gênero Haemophilus é responsável por causar várias doenças de relevância clínica, entre suas diversas espécies, o Haemophilus influenzae do sorotipo b (Hib), sorotipo mais prevalente, se destaca por causar graves infecções em crianças de até 5 anos. Uma das doenças mais graves provocada por ele é a meningite, responsável por graves sequelas como lesões cerebrais permanentes, deficiência auditiva, entre outras, e, dependendo do estado de saúde da criança pode levar ao óbito. Uma das maneiras mais eficazes de combate à doença é através da vacinação. A cápsula de polirribosil ribitol fosfato (PRP) é o principal fator de virulência, porém, uma vacina composta apenas pelo polissacarídeo capsular não é capaz de induzir resposta imunológica protetora em crianças menores de dois anos de idade, por isso se faz necessário a conjugação com uma proteína carreadora. A vacina comercial disponível anti-Hib é formada pelo PRP conjugado ao toxóide tetânico. Nosso laboratório vem estudando a síntese de conjugados de polissacarídeos capsulares a proteínas. Entre as diversas etapas do desenvolvimento de uma vacina é necessário fazer testes de estabilidade. O objetivo principal do presente trabalho é avaliar a estabilidade de conjugados de PRP-TT previamente sintetizados e armazenados em solução tampão fosfato (Na2HPO4 50 mM, NaCl 150 mM, Timerosal 0,005%) a 4° C. As amostras serão analisadas por cromatografia líquida de exclusão molecular e o conteúdo de polissacarídeo determinado por método colorimétrico.
Link to cite this reference
https://repositorio.butantan.gov.br/handle/butantan/3840
Issue Date
2019


Files in This Item:

Existing users please Login
TCC_Larissa Tanaka.pdf
Description:
Size: 579.46 kB
Format: Adobe PDF
Embargoed until January 1, 2999    Request a copy
Show full item record

The access to the publications deposited in this repository respects the licenses from journals and publishers.