Levantamento parasitológico realizado em munícipes do interior do estado de São Paulo (Brasil) entre os anos de 1957 a 1986


Butantan affiliation
Publication type
Article
Language
English
Access rights
Restricted access
Appears in Collections:
Abstract
Parasitism caused by protozoa and helminths is a serious public health problem, affecting millions of individuals worldwide, especially in underdeveloped and developing countries. From this perspective, a parasitological survey was conducted in 37 cities in the interior of the state of São Paulo. This study focused mainly on old places such as schools and rural and urban health units in the interior of the State of São Paulo between 1957 and 1986. The objective of this study was to conduct a comprehensive survey on the data found to diagnose the occurrence of parasitic diseases in the city. Population at that time, according to their rural and urban origin, age and gender. Thus, the proposal is to make the generated data available to all interested parties in an organized and systematized manner and to discuss the reality faced by the population regarding the current public policies in Brazil relating the sanitary conditions with the occurrence of endoparasites. According to the survey conducted in the municipalities studied, 274,487 occurrences of individuals positive for endoparasites were obtained from 391,633 samples collected. The highest frequency was found in children aged 1 to 10 years with 146,090 cases, accounting for 37,302% of the infected population. The percentage of parasitized individuals decreases with increasing age.
Abstract in Portuguese
Os quadros de parasitismos causados por protozoários e helmintos constituem sérios problemas de saúde pública, por afetarem milhões de indivíduos em todo o mundo, sobretudo, nos países subdesenvolvidos e em desenvolvimento. Sob esta perspectiva foi realizado um levantamento parasitológico em 37 cidades do interior do Estado de São Paulo. Este estudo contemplou principalmente antigos locais como as escolas e unidades de saúde rurais e urbanas do interior do Estado de São Paulo entre os anos de 1957 e 1986. O objetivo deste trabalho foi realizar um levantamento abrangente nos dados encontrados para diagnosticar a ocorrência de parasitoses na população da época, segundo sua origem rural e urbana, a faixa etária e o gênero. Dessa forma, a proposta é tornar os dados gerados disponíveis a todos os interessados de forma organizada e sistematizada e discutir a realidade enfrentada pela população frente às políticas públicas vigentes no Brasil relacionando as condições sanitárias com a ocorrência de endoparasitoses. Segundo o levantamento realizado nos municípios estudados, obteve-se 274.487 ocorrências de indivíduos positivos para endoparasitas a partir de 391.633 amostras coletadas. A maior frequência foi encontrada em crianças de 1 a 10 anos com 146.090 casos, sendo estes responsáveis por 37.302% da população infectada. A porcentagem de indivíduos parasitados diminui de acordo com o aumento da idade.
Reference
Simons S.M., Silveira W.J., Loibel S.M., Nascimento J.O.S., Anjos V.C., Felther E.C., et al. Levantamento parasitológico realizado em munícipes do interior do estado de São Paulo (Brasil) entre os anos de 1957 a 1986. LAES, HAES. 2020 Jan;
Link to cite this reference
https://repositorio.butantan.gov.br/handle/butantan/4183
Journal title
Issue Date
2020

Show full item record

The access to the publications deposited in this repository respects the licenses from journals and publishers.