Utilização de analgesia no teste de dose letal 50% do veneno de Tityus serrulatus


Publication type
Academic monograph
Language
Portuguese
Access rights
Open access
Abstract in Portuguese
Acidentes com animas peçonhentos são de grande importância no mundo todo. No Brasil os estados mais afetados são Minas Gerais, São Paulo e Bahia, e mais da metade desses acidentes ocorrem por picadas de escorpiões. Contando com mais de 160 espécies no país, o principal responsável por tais acidentes é o Titys serrulatus. A melhor forma de tratamento para ocorrências com esses animais é a utilização do soro, que é produzido a partir do sangue de cavalos imunizados com o veneno. Para que um produto como esse seja utilizado pela população, ele deve ser aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). Que solicita uma série de testes a serem realizados, como por exemplo testes de esterilidade, pH, proteínas, atividades e potência in vitro e in vivo. Para executar o teste de potência, primeiro é preciso determinar a dose letal 50% do veneno. É sabido que o veneno é composto principalmente por neurotoxinas que acarretam diversas alterações clínicas além de poder levar a morte. Os animais utilizados em tais estudos estão em constante sofrimento e, assim, o objetivo desse estudo foi testar dois potentes analgésicos como forma de melhorar o bem-estar animal sem, é claro, alterar o resultado do teste. O estudo foi dividido em três grupos experimentais: controle; tramadol e morfina. Os animais receberam o analgésico 15 minutos antes do início do teste. Este estudo mostrou uma pequena melhora nos sintomas causados pelo envenenamento, ou seja, promoveu um maior conforto aos animais que receberam tratamento analgésicos, muito embora seja necessário realizar mais testes para refinar a técnica.
Link to cite this reference
https://repositorio.butantan.gov.br/handle/butantan/4202
Issue Date
2022


Files in This Item:

TCC_Giuliana Gaggini Rondon.pdf
Description:
Size: 1.09 MB
Format: Adobe PDF
View/Open
Show full item record

The access to the publications deposited in this repository respects the licenses from journals and publishers.