Metodologia de criação de Lonomia sp. (Walker, 1855) (Lepidoptera: Saturniidae) em laboratório


Publication type
Academic monograph
Language
Portuguese
Access rights
Restricted access
Abstract
One of the Lepidoptera species of greatest medical interest in Brazil is Lonomia obliqua, due to its toxin that can cause hemorrhages, intense fibrinolytic action, kidney failure that can lead to coma and even death. In this context, given the severity of accidents caused by contact with Lonomia spp. Instituto Butantan has been producing antilonomic serum since 1994. This process, so far, depends on the receipt of specimens via Brazilian health surveillance departments and/or notification from civil society. Furthermore, there are few studies on bioecology, taxonomy, description and morphological and ecological aspects of this group. Studies which can be made possible from the establishment of colonies in vivariums with controlled laboratory conditions. However, despite their medical importance, effective methodologies for breeding these caterpillars in the laboratory have not yet been developed. Therefore, the present study aimed to establish complete consecutive generations of Lonomia sp. under laboratory conditions; describe the complete development of the genus Lonomia sp.; and to develop initial tests related to the standardization of creation of this genus under laboratory conditions. For that, caterpillars from the region of Campo Limpo Paulista - SP, Cotia - SP, Tremembé - SP and Sobradinho - DF were used. The specimens were reared under controlled temperature, humidity and photoperiod conditions and distributed equitably between replicates, reared in dry and wet conditions for later comparison. It can be seen that moisture is a crucial factor for the development of the egg and pupal stage and that during the larval stage, offering fresh leaves, clean and free from the effect of flowering and/or insecticides is also important. Furthermore, during the larval and adult stages, some behaviors never reported for Lonomia spp. In all, three complete generations were obtained (Parental - from the larval stage, F1 and F2 complete and F3 to the adult stage with apparently infertile eggs). Thus, it can be concluded that for the first time this number of live and complete generations of Lonomia spp. created under controlled laboratory conditions, a fact never reported in the literature. It can also be seen that the use of a BOD type greenhouse was crucial to obtain this result. However, further studies and tests must be carried out in order to improve what has already been discovered.
Abstract in Portuguese
Uma das espécies de Lepidoptera de maior interesse médico no Brasil é a Lonomia obliqua, por conta de sua toxina que pode causar hemorragia, intensa ação fibrinolítica, falência dos rins podendo levar ao coma e até a óbito. Neste contexto, dada a gravidade dos acidentes pelo contato com lagartas de Lonomia spp. o Instituto Butantan desde 1994 vem produzindo o soro antilonômico. Este processo, até o momento depende do recebimento de espécimes via departamentos de vigilância em saúde brasileiras e/ou notificação da sociedade civil. Ademais, poucos são os estudos sobre bioecologia, taxonomia, descrição e aspectos morfológicos e ecológicos deste grupo. Estudos os quais podem ser viabilizados a partir do estabelecimento de colônias em biotérios sob condições laboratoriais controladas. Contudo, apesar da sua importância médica, até o momento não foram desenvolvidas metodologias eficazes para a criação destas lagartas em laboratório. Portanto, o presente estudo teve como objetivos estabelecer gerações consecutivas completas de Lonomia sp. em condições laboratoriais; descrever o desenvolvimento completo gênero Lonomia sp.; e desenvolver testes iniciais relacionados à padronização de criação deste gênero em condições laboratoriais. Para tanto, lagartas provenientes da região de Campo Limpo Paulista - SP, Cotia - SP, Tremembé - SP e Sobradinho - DF, foram utilizados. Os espécimes foram mantidos e criados em condições de temperatura, umidade e fotoperíodo controlados e distribuídos de forma equitativa entre réplicas, criadas em condições secas e úmidas para posterior comparação. Pode-se perceber que a umidade é fator crucial para o desenvolvimento da fase de ovo e pupa e que durante a fase larval, o oferecimento de folhas frescas, higienizadas e livres de efeito de floração e/ou inseticidas também são importantes. Ademais, durante a fase larval e adulta pode-se observar alguns comportamentos jamais relatados para Lonomia spp. Ao todo, obteve-se três gerações completas (Parental - a partir da fase larval, F1 e F2 completas e F3 até a fase adulta com ovos aparentemente inférteis). Com isso, pode-se concluir que pela primeira vez foi atingida esta quantidade de gerações vivas e completas de Lonomia spp. criadas sob condições controladas em laboratório, fato jamais relatado na literatura. Pode-se perceber também que o uso de uma estufa do tipo BOD foi crucial para a obtenção deste resultado. Contudo, novos estudos e testes devem ser realizados a fim de aprimorar o que já foi observado.
Link to cite this reference
https://repositorio.butantan.gov.br/handle/butantan/4220
Issue Date
2022


Files in This Item:

Existing users please Login
TCC_Marcos Vinicius Da Silva.pdf
Description:
Size: 3.06 MB
Format: Adobe PDF
Embargoed until January 1, 2099    Request a copy
Show full item record

The access to the publications deposited in this repository respects the licenses from journals and publishers.