Abandono materno de primatas não humanos


Publication type
Academic monograph
Language
Portuguese
Access rights
Restricted access
Abstract
The study of behavior and its adaptations shows the answer to the understanding of many questions regarding the evolution of animals. Animal behavior is a vital part of adaptation and is related to the ability to resist environmental variations, feeding strategies, defense against predators, reproductive efficiency, competitive ability and associations between species. The study of animal behavior also helps to understand and formulate hypotheses regarding human behavior and its origin. In this work, we tried to better understand the condition imposed by the absence of maternal behavior in non-human primates, and we verified that, as it happens in humans, from a certain moment on, it is necessary to intervene in favor of the offspring, otherwise its life is at risk. This work was elaborated from the need to treat a case of maternal abandonment in the monkey colony of Instituto Butantan. When a baby monkey was abandoned, we started collecting data in the literature that would give us support and technical basis to deal with the rejection of a little monkey. After the literary survey and our experience, we believe that this work can help the community to better understand the relationship between mother and child and the rejection of offspring in non-human primates. We present here our findings on the absence of maternal behavior, as well as describe all the maneuvers we carry out to deal with abandonment and how Gracinha managed to survive within these situations.
Abstract in Portuguese
O estudo do comportamento e suas adaptações mostra a resposta para o entendimento de muitas questões quanto à evolução dos animais. O comportamento animal é parte vital da adaptação e está relacionado à capacidade de resistência às variações ambientais, às estratégias de alimentação, a defesa contra predadores, a eficiência reprodutiva, a habilidade competitiva e as associações entre espécies. O estudo do comportamento animal ajuda também a entender e a formular hipóteses com relação ao comportamento humano e sua origem. Neste trabalho, experimentamos compreender melhor a condição imposta pela ausência de comportamento materno em primatas não humanos, e verificamos que assim como acontece em humanos a partir de um certo momento é necessário que ocorra intervenção a favor do filhote, caso contrário a vida do mesmo fica em risco. Este estudo foi elaborado a partir da necessidade de tratarmos um caso de abandono materno na Colônia de macacos do Instituto Butantan. Quando do abandono de um filhote, iniciamos o levantamento de dados na literatura que nos desse sustentação e embasamento técnico para lidarmos com a rejeição de um filhote. Após o levantamento literário e da nossa vivência, acreditamos que esse trabalho possa auxiliar a comunidade a entender melhor a relação entre mãe e filho e a rejeição de filhotes em primatas não humanos. Apresentamos aqui nossos achados sobre a ausência de comportamento materno, bem como, descrevemos todas as manobras que efetuamos para lidar com abandono e como a Gracinha conseguiu sobreviver dentro destas situações.
Link to cite this reference
https://repositorio.butantan.gov.br/handle/butantan/4234
Issue Date
2022


Files in This Item:

TCC_Allan Rodrigo Calarga.pdf
Description:
Size: 545.02 kB
Format: Adobe PDF
View/Open
Show full item record

The access to the publications deposited in this repository respects the licenses from journals and publishers.