História do Zebrafish na pesquisa científica: uma breve revisão


Publication type
Academic monograph
Language
Portuguese
Access rights
Restricted access
Appears in Collections:
Abstract in Portuguese
O zebrafish (Danio rerio) foi descrito pela primeira vez pelo escocês e zoólogo Francis Hamilton, sendo uma das mais de 20 espécies do gênero Danio e uma das mais de 4.000 espécies dentro da ordem Cypriniformes. Na década de 80, o biólogo George Streisinger, professor do Instituto de Biologia Molecular da Universidade de Oregon - Estados Unidos é reconhecido como o fundador do modelo animal zebrafish, ele utilizou-o para explorar a base genética do desenvolvimento neural dos vertebrados, estudo esse publicado no periódico Nature. O zebrafish tem uma série de atributos que o torna um excelente modelo de pesquisa, cerca de 70% de seus genes são ortólogos aos genes humanos, sendo que destes, 82% possuem relevância a doenças humanas. Trabalhar com o zebrafish possibilita mais praticidade por ser eficiente e com baixo custo, vem substituindo cada vez mais as pesquisas realizadas com roedores. Inicialmente tornou-se popular como modelo de desenvolvimento de vertebrados, pelos embriões serem transparentes e por desenvolverem rapidamente. Na atualidade, a pesquisa está se expandindo para áreas, como farmacologia, pesquisa clínica como modelo de diversas doenças, descoberta de medicamentos e estudos toxicológicos, sendo esse último um dos campos onde se concentra uma parte significativa da produção científica brasileira. As pesquisas crescem para o aperfeiçoamento dos dados já existentes, reiterar as semelhanças com a biologia humana e para a descoberta de novos conhecimentos, que expandirão de forma positiva nosso desenvolvimento na saúde animal e humana.
Link to cite this reference
https://repositorio.butantan.gov.br/handle/butantan/4998
Issue Date
2022

Show full item record

The access to the publications deposited in this repository respects the licenses from journals and publishers.