Interferência da azida de sódio no desenvolvimento de Caenorhabditis elegans (Nematoda: Caenorhabditis)

Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributorLab. Parasitologiapt_BR
dc.contributorCurso de Especialização em Biotecnologia para Saúde – Vacinas e Biofármacospt_BR
dc.contributor.advisorKamitani, Fernando Luizpt_BR
dc.contributor.authorPascuti, Lais Cristina Gomespt_BR
dc.date.accessioned2024-05-29T12:29:17Z-
dc.date.available2024-05-29T12:29:17Z-
dc.date.issued2024pt_BR
dc.date.submitted2024-02-06-
dc.identifier.citationPASCUTI, Lais C. G. Interferência da Azida de Sódio no desenvolvimento do Caenorhabditis elegans (Nematoda: Caenorhabditis). 2024. p 84. Trabalho de conclusão de curso (Especialização em Biotecnologia para Saúde: Vacinas e Biofármacos) - Escola Superior do Instituto Butantan, São Paulo, 2024.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.butantan.gov.br/handle/butantan/5351-
dc.description.abstractThe nematode Caernohabditis elegans (Maupas, 1900) is an alternative laboratory model animal, widely used in laboratories, because this worm shares around 42% of orthologous genes with humans, has its entire genome sequence encoded and is not a parasite. For this reason, C. elegans was the model chosen for the laboratory's line of research and for our project, in order to investigate the interference of sodium azide in its biological development. NaN3 is a white crystalline solid inorganic compound that is highly toxic and lethal in small quantities. Its mechanism of action is the inhibition of cytochrome C oxidase. Its practical effect on C. elegans is temporary and dose-dependent anesthesia. For our project, the experiment was carried out with different groups, one containing animals of all stages and the other Dauer larvae. Two culture media were used (solid and liquid) and three experimental conditions were used: an overdose of 1M NaN3 and a sub-dose of 1mM NaN3. The observations of both groups were analyzed at 20 min, 1h, 3h, 5h and 24h, totaling five readings taken in triplicate. As a result, NaN3 interfered in the motility of C. elegans, in the biological cycle and changed the appearance of the worm's cuticle. However, the group of larvae submitted to 1mM NaN3 in liquid medium showed better resistance. For this factor, it was discussed that the proteins UPRmt, Hps70, Hps16, gmap-1 and mtROS are possibly involved in the cytoprotection process during exposure of the nematode to NaN3 in both experiments.pt_BR
dc.format.extent84 p.pt_BR
dc.language.isoPortuguesept_BR
dc.rightsOpen accesspt_BR
dc.titleInterferência da azida de sódio no desenvolvimento de Caenorhabditis elegans (Nematoda: Caenorhabditis)pt_BR
dc.typeAcademic monographpt_BR
dc.subject.keywordCaenorhabditis eleganspt_BR
dc.subject.keywordazida de sódiopt_BR
dc.subject.keywordtoxicologiapt_BR
dc.subject.keywordsodium azidept_BR
dc.subject.keywordtoxicologypt_BR
dc.contributor.butantanPascuti, Lais Cristina Gomes|:Aluno|:Curso de Especialização em Biotecnologia para Saúde – Vacinas e Biofármacos|:PrimeiroAutorpt_BR
dc.identifier.bvsccBR78.1pt_BR
dc.identifier.bvsdbIBProdpt_BR
dc.degree.levelEspecializaçãopt_BR
dc.degree.grantorEscola Superior do Instituto Butantanpt_BR
dc.degree.localSão Paulopt_BR
dc.degree.programEspecialização na área da saúdept_BR
dc.description.abstractptO nematoide Caernohabditis elegans (Maupas, 1900) é um animal modelo de laboratório alternativo, muito utilizado nos laboratórios, pois esse verme compartilha cerca de 42% de genes ortólogos com os seres humanos, tem a sequência de seu genoma todo codificado e não são parasitas. Por isso, C. elegans foi o modelo escolhido para a linha de pesquisa do laboratório e para o nosso projeto, de modo a investigar a interferência da azida de sódio em seu desenvolvimento biológico. A NaN3 é um é um composto inorgânico sólido cristalino branco altamente tóxico e letal em pequenas quantidades. Seu mecanismo de ação é a inibição do citocromo C oxidase. O seu efeito prático em C. elegans é de anestesia temporária e dose dependente. Para nosso projeto o experimento foi realizado com grupos distintos, sendo que um continha animais de todas as fases e o outro as larvas Dauer. Foram empregados dois meios de cultura (sólido e o líquido) e três condições experimentais, sendo uma superdosagem de NaN3 a 1M e uma sub dose de NaN3 a 1mM. As observações de ambos os grupos foram analisadas em 20 min, 1h, 3h, 5h e 24h, totalizando cinco leituras feitas em triplicata. Como resultado a NaN3 interferiu na motilidade dos C. elegans, no ciclo biológico e mudou o aspecto da cutícula do verme, no enteando, o grupo de larvas submetidas a NaN3 a 1mM no meio líquido, apresentaram melhor resistência. Para esse fator, foi-se discutido que as proteínas UPRmt, Hps70, Hps16, a gmap-1 e mtROS estão possívelmente envolvidas no processo de citoproteção durante a expsição do nematoide a NaN3 em ambos os experimentos.pt_BR
item.openairetypeAcademic monograph-
item.languageiso639-1Portuguese-
item.fulltextCom Texto completo-
item.grantfulltextopen-
crisitem.author.dept#PLACEHOLDER_PARENT_METADATA_VALUE#-
crisitem.author.orcid#PLACEHOLDER_PARENT_METADATA_VALUE#-
Appears in Collections:Biotecnologia para a Saúde – Vacinas e Biofármacos


Files in This Item:

Lais Cristina Gomes Pascuti - 2024.pdf
Description:
Size: 2.87 MB
Format: Adobe PDF
View/Open
Show simple item record

The access to the publications deposited in this repository respects the licenses from journals and publishers.