Estudo dos efeitos dos venenos de artrópodes (Phoneutria nigriventer e Tityus serrulatus) e suas frações sobre a regulação térmica em ratos

A temperatura corporal é controlada principalmente pelo hipotálamo garantindo o bom funcionamento de vias metabólicas. Acidentes com Phoneutria nigriventer e Tityus serrulatus podem causar diversos sintomas: hipotermia e/ou hipertermia, sudorese e tremor que podem estar relacionados a termorregulação. Este trabalho tem como objetivo analisar e identificar componentes dos venenos com ação sobre a termorregulação e verificar possíveis mecanismos de ação. Os venenos foram separados em pools por filtração em gel, e gel de eletroforese para confirmação da eficácia da separação. Os venenos foram testados em bioensaio de temperatura em ratos. Um sensor térmico foi implantado subcutaneamente na porção dorsal para registro de temperatura. O veneno de Phoneutria nigriventer mostrou ação hipotérmica em ratos e o de Tityus serrulatus mostrou ação hipertérmica. Os pools dos venenos também foram testados; o pool II de veneno de ambos tiveram ação hipotérmica e o pool III, ação hipertérmica. As etapas posteriores foram realizadas com o veneno de Phoneutria nigriventer. Os pools II e III foram separados por CLAE em picos. Os picos 8 e 13 do pool II mostraram ação hipertérmica, assim como os picos 30 e 31 do pool III. O pico 29 do pool III mostrou ação hipotérmica. Os picos 29, 30 e 31 foram repurificados e retestados, mas sem resultados significativos. Para estudar os mecanismos de ação, o pico 13 do pool II foi testado em conjunto com o Dantrolene, um medicamento utilizado contra hipertermia maligna. Os resultados mostraram que o Dantrolene não diminuiu a temperatura em animais saudáveis, já que ele age em canais de cálcio que podem estar modificado em pacientes com a doença. O LPS, um pirógeno exógeno, seria testado com o pico que desse ação hipotérmica, entretanto o pico 29 não revelou efeito após repurificação. O pico 13 também foi testado em glioblastomas humanos U87, revelou não ser citotóxico. Os picos 8 e 13, foram passados por espectrometria de massas revelando massas semelhantes a família das Taquicininas e das Ctenotoxinas, ambas com ações sobre o sistema nervoso, sendo as Ctenotoxinas neurotóxicas. Os picos 29, 30 e 31 foram testados em cultura de células neurobasais obtidas de hipotálamo, todos os picos tiveram uma queda estatisticamente significativa na viabilidade celular em concentrações mais baixas após período de incubação de 24 horas. Em 6 horas de incubação, os dados estatísticos mostram que os picos 30 e 31 aumentaram a viabilidade das células em concentrações mais altas. O pico repurificado 30b foi sequenciado por degradação de Edman, e parte do peptídeo revelou 100% de homologia com a Tx2-6 de Phoneutria nigriventer, que é uma neurotoxina inibidora irreversível de NAV e causa sudorese. Ratos são bastante resistentes em alterar sua temperatura, desta forma variações de 1 grau na temperatura corpórea são bastante significativas. As moléculas do isoladas do veneno podem agir por sinergismo ou somatória e ou ainda podem apresentar efeitos antagônicos. Estudo de toxinas animais são uma fonte de novas biomoléculas e o desenvolvimento de novos fármacos. Toxinas com ação na termorregulação são pouco estudadas e ainda precisam ser melhor caracterizadas.
Keywords
termorregulação;  ratos;  Phoneutria nigriventer;  Tityus serrulatus;  neurotoxinas;  thermoregulation;  rats;  neurotoxins

Other Titles
Study of the effects of arthropod venoms (Phoneutria nigriventer and Tityus serrulatus) and its fractions on thermoregulation in rats
metadata.dc.contributor
metadata.dc.description.sponsorship
Document type
Thesis
Advisor
Lebrun, Ivo
Level
Mestrado
Institution
Instituto Butantan
Place
São Paulo
Program
Programa de Pós-Graduação em Ciências – Toxinologia (PPGTOX)
Submission Date
2014
Metrics
Rights
Open Access
URI

Files in This Item:
File Description SizeFormat
137.pdf1.4 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.